Adeus Sr. António

19 novembro 2010

Quando se fala do rancho há nomes que nunca podemos esquecer, pelo trabalho, pela dedicação, pela figura carismática.
Durante anos, após anos, habituamos-mos a conhecer, a lidar e a gostar do Sr. António João, não havia como não gostar.
Uma pessoa simples, que fazia do seu fato-macaco a sua principal indumentária, talvez uma forma de mostrar que estava sempre pronto para o trabalho e de facto estava.
Sempre a correr e atarefado, eram muitas as actividades, muitos burros para tocar, e nenhum ficava para trás.
Por tudo e por nada, lá estávamos nós a “chateá-lo! Todas as nossas actividades quer no Rancho, quer na catequese, eram obrigatoriamente patrocinadas pelo Sr. António, ele era o nosso cenógrafo de serviço. Lá iam-mos nós falar com ele, e éramos sempre bem recebidos, com um sorriso e uma palavra tantas vezes usada por ele: Diga lá menina!
E nós contentes por sermos tratadas por meninas lá íamos desbobinando as nossas ideias e projectos, e ele no seu pouco tempo, satisfazia os nossos desejos, como de ordens se tratassem.
E os nossos sonhos e ideias, iam ganhando asas nas suas mãos, e como eram diversificados os nossos projectos: um globo, um Barco, um palco quando decidimos fazer uma passagem de modelos, dobadouras quando nos lembrámos fazer os 10 anos dourados.
Nunca da sua boca ouvimos: não posso, não tenho tempo… apenas um sorriso nos lábios e uma disponibilidade quase imediata.
É esse sorriso nos lábios, que fica na nossa memória, é esse sorriso que hoje já recordamos com saudade e que queremos guardar na memória para sempre.
Muitas foram as horas gastas ao serviço dos outros, ao serviço desta comunidade que muito lhe deve.
Olhando para trás e sentimos um enorme privilégio por ter partilhado consigo tantos momentos, únicos, importantes, grandiosos.
Obrigado Sr. António!

5 comentários:

manel mendes disse...

Um HOMEM que irá ser sempre lembrado.Também como qualquer pessoa, teve defeitos,mas as qualidades foram muitas mais,sempre.Um exemplo de disponibilidade,humildade,abnegação e amizade.Eu também aprendi com ele e digo que gostaria de imitá-lo nas qualidades referidas atrás. Um até sempre.

des-encantos disse...

Bonito 'post' este.
'Muitas foram as horas gastas ao serviço dos outros, ao serviço desta comunidade que muito lhe deve' sim verdade.
Durante os cerca de 50 anos que com ele convivi, revejo o que o post contem. Justa homenagem , q penso ñ deveria(´) ficar por aqui em Alviobeira.

Andreia disse...

"é esse sorriso nos lábios" que mais recordo dele!desde que me lembro de andar no rancho, imediatamente me lembro da figura do senhor António!é inevitável...estava sempre pronto para nos ajudar...

Tessa disse...

Era e será para sempre um grande HOMEM...
Avô obrigado por tudo.
Quero agradecer-vos, por nos terem acompanhado neste momento tão dificil...

António Freitas disse...

Por proposta do membro de Assembelia de Freguesia- António Freitas em secção realizada no dia 17 de Dezembro, foi aprovado um voto de pesar e aneltecimento da vida e obra e dedicação de António João Antunes, cujo texto ficou registado em acta e aprovado por unanimidade bem como a proposta da Rua do Comércio, onde sermpe residiu passar a denominar-se Rua António João Antunes - Presidente da Junta de 1974 a 1994 ( antiga Rua do Comércio)